Na tarde da última quinta-feira (6), o prefeito Marcos Santana esteve no assentamento Florestan Fernandes acompanhando a entrega de 300 quilos de sementes de milho aos agricultores familiares daquela localidade. Na ocasião, o secretário especial de agricultura e meio ambiente, Carlos Tadeu da Silva Rosa, e a presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais da Agricultura Familiar, Maria do Carmo Batista participaram da atividade, que visa fomentar a produção rural do município.


De acordo com o secretário especial de agricultura e meio ambiente, Carlos Tadeu da Silva Rosa, as entregas começaram dias atrás, com o apoio do sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras rurais, beneficiando mais de 50 famílias.  “As consequências que a distribuição de sementes traz são muitas e visam não somente a geração de renda para os agricultores, mas o estímulo às atividades que contribuam para o desenvolvimento do município. As demandas precisam vir das necessidades dos agricultores, e o prefeito vem estimulando a cidadania, incentivando o pró-ativismo da comunidade rural, fazendo com que eles, discutam e planejem suas demandas e necessidades e assim, consigam progredir com o auxílio da gestão municipal. O inverno e a extensão do período de chuvas dão condições para o plantio das sementes e asseguram a colheita”, pontuou Tadeu.


Durante a entrega em Florestan Fernandes, os agricultores enalteceram o trabalho da Secretaria Especial de Agricultura e Meio Ambiente em dialogar diretamente com as necessidades das pessoas que trabalham no campo. “A vinda do prefeito até aqui foi uma iniciativa muito boa. É importante, não só a entrega de sementes, mas também a disponibilidade deste diálogo sadio. Vejo um futuro melhor para os agricultores sancristovenses”, disse o agricultor, Gizeldo Santos. Para Gilenilma dos Santos, a entrega contribuirá para completar o processo de plantio, que este ano segundo ela será prolongado. "Estas sementes são bem-vindas e ainda temos tempo para plantar, pois as chuvas permitirão que possamos semear”, disse a agricultora.


Robson Pinto de Almeida, assentado no Florestan Fernandes, destacou o estímulo do prefeito em diversificar os produtos cultivados. “Achei interessante ele reforçar a importância de diversificarmos o plantio para que não fiquemos só com a sazonalidade. Eu, por exemplo, crio peixes, mas vou aproveitar a distribuição de milho e providenciar minha plantação, pois isso ajuda no complemento a renda. Marcos Santana acompanha a nossa realidade e eu estou confiando nessa gestão, justamente pelo trabalho que ele e sua equipe vêm desenvolvendo em toda a cidade”, elogiou.


De acordo com Maria do Carmo Batista, a prefeitura está incentivando a produção e a organização dos agricultores. “Precisamos assimilar que nós mesmos devemos comandar nossa forma de trabalho. Isto evita que mandemos nossos familiares a buscar emprego na capital, o que acaba inflando as periferias, submetendo os trabalhadores à funções exauríveis. O que esta gestão incentiva é o empoderamento do agricultor familiar, para que, com o cooperativismo, possamos nos fortalecer”, frisou a presidente do sindicato.


Durante o encontro, Marcos Santana, aproveitou para dialogar com os trabalhadores rurais sobre as ações que a gestão pretende implantar para contribuir ainda mais com a agricultura familiar do município. “No processo de licitação para a compra de merenda escolar, um dos requisitos é que a aquisição de alimento seja feita por cooperativas da agricultura familiar. Não queremos ter que comprar estes produtos de cooperativas de outros municípios, pois o mais importante é fortalecer os nossos agricultores. Para isto, precisamos criar cooperativas e estamos aqui para assessorar os agricultores. Quando andamos juntos, nos fortalecemos, e quem quiser plantar, produzir, pode contar conosco”, disse o prefeito.

Próximas ações

O prefeito também comunicou aos agricultores que vem trabalhando pela reinstalação de uma base da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) em São Cristóvão. “Solicitamos a presença de técnicos da Emdagro em nosso município e se preciso for vamos disponibilizar espaço físico e um funcionário para que os agricultores tenham acesso à assessoria desta instituição”, finalizou o prefeito.

Segundo o secretário, Carlos Tadeu, a Secretaria Especial de Agricultura e Meio Ambiente vive um primeiro momento de diagnóstico com o objetivo de qualificar o cenário agrícola local. “Precisamos destacar que recriamos esta secretaria que tinha sido extinta anteriormente pela antiga gestão. Independentemente de qualquer coisa, nosso maior foco é criar meios que empodere a agricultura familiar e, consequentemente, fortaleça economicamente os agricultores. Nossa próxima ação é implantar duas redes de irrigação que permitam aumentar a produção de hortaliças contribuindo para um aumento na produção comercializada nas feiras livres do nosso município”, informou Tadeu.

 

Fotos: Márcio Garcez.


Carlos Tadeu Rosa.
Gizeldo Santos
Gilenilma dos Santos recebendo as sementes
Robson Pinto de Almeida
Maria do Carmo Batista