Durante o quadro #PrefeituraMaisPertodaGente, que está inserido na página do Facebook da Prefeitura de São Cristóvão, o diretor-presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de São Cristovão, Carlos Melo, esteve conversando com moradores da Cidade Alta, Centro Histórico do município, num trabalho de campo diretamente ligado às questões da qualidade da água que vem chegando às torneiras. O Saae vem atuando diretamente com a população, abrindo as portas para que técnicos e consumidores troquem ideias, para que os problemas sejam amenizados ou resolvidos o quanto antes.

“Estamos trabalhando assim: indo nas casas conversando com os sancristovenses, conferindo in loco a cor e o gosto da água. Neste primeiro momento, onde fomos averiguar o tipo de água que vem chegando para o pessoal da Cidade Alta (que é abastecida pela barragem do Muniz) encontramos um produto de boa qualidade, porém, em algumas casas pudemos presenciar algumas amostras de água um pouco turva, mas neste caso vamos analisar as circunstâncias que podem ser diversas, desde a encanação da rua, até as manutenções em vias públicas. Tudo pode diferenciar na coloração da água, mas nossa meta é que chegue sempre cristalina”, pontuou Carlos Melo.


Para a aposentada, Maria Celina dos Santos, as consequências da nova gestão municipal, já são sentidas na própria pele. “Antes a água era da cor de fanta, não dava para tomar banho, muito menos consumir. Nos últimos seis meses já notamos que a situação mudou de verdade. Temos água recorrente em nossas torneiras, até troquei o chuveiro e já tomo banho morno. Antes isto não era nem pensado”, disse. A mesma opinião também foi compartilhada por Maria Edna, outra aposentada que mora nas imediações do Centro Histórico. “Hoje estou satisfeita com a água, porque sei que tem qualidade e não faltará. Nas poucas vezes que realizaram manutenções mecânicas no Saae fomos avisados da interrupção, mas sabemos que isso é para melhorar ainda mais o abastecimento”, pontuou.

Já na entrada da casa de José Alves dos Santos, o diretor-presidente do Saae recebeu também boas solicitações pelo abastecimento recorrente dos últimos meses. “Só quando chove é que notamos que a água vem um pouco turva, mas diariamente o que estamos recebendo é água clara, límpida. Comparado com o que era antes, está nota dez”, enalteceu.

Explicações


Segundo Carlos Melo, o Saae está em processo de aquisição de encanação para um trabalho amplo no município, onde das antigas tubulações dos equipamentos trarão maior qualidade para a água. “Temos várias frentes de atuação, todas primando pela melhor água que será consumida pelos cidadãos. Também estamos em processo de limpeza e substituição dos compostos de filtração de mais dois reservatórios. Atualmente, a água da Cidade Alta já passa por dois filtros, mas nosso foco é que a mesma seja filtrada quatro vezes, permitindo um melhor resultado. Outro ponto que merece ser frisado é que conseguimos regularizar o abastecimento, limpando os equipamentos, o reservatório, o que nos possibilita um fluxo recorrente de água de boa qualidade e numa quantidade suficiente para deixar todo mundo satisfeito”, pontuou o diretor-presidente.

Para conferir mais detalhes da visita do diretor-presidente confira o vídeo em nossas redes sociais. Nos próximos dias, a diretoria do Saae estará conversando com moradores da Cidade Baixa para elucidar quaisquer dúvidas sobre a água recebida pelos moradores desta região.


Maria Celina dos Santos
Técnicos do Saae avaliam quailidade da água