A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de São Cristóvão (SMTT-SC) tem priorizado o trabalho educativo, aliado a uma fiscalização efetiva, para construir um trânsito mais seguro e responsável. Esta linha de atuação já aponta para uma nova realidade, com mudanças significativas nestes últimos meses. Um exemplo é a redução nas infrações de trânsito autuadas. Para se ter ideia, em outubro foram registradas 310 infrações, caindo para 108 em outubro.

Segundo o major José Luiz Ferreira, superintendente municipal de Transportes e Trânsito, a diminuição resulta das ações de educação já desenvolvidas pela SMTT-SC, como também da fiscalização intensiva realizada. “As atividades levaram informações sobre o trânsito para 3.117 pessoas, de fevereiro até setembro. Desde crianças, com atividades lúdicas, aos adultos, com palestras e blitz educativas. Tivemos um bom alcance, e os resultados podem ser sentidos com a redução das infrações autuadas”, observou. 

O superintendente contou que a SMTT-SC já chegou a 40 unidades da rede municipal de ensino. “A iniciativa tem por objetivo contribuir na construção de valores como responsabilidade e proteção à vida, que é o nosso bem maior. Por meio da educação no trânsito nas escolas, poderemos formar cidadãos mais conscientes”, defendeu o major José Luiz. 

Os dados estatísticos mostram índices preocupantes. Os acidentes no trânsito estão entre as principais causas de morte no mundo, e a mudança só ocorrerá com a conscientização das pessoas sobre a responsabilidade que todos têm em garantir a integridade física e a vida do cidadão, argumentou o major José Luiz. “A educação no trânsito não se limita apenas a ensinar regras de circulação, mas também deve contribuir para formar pessoas responsáveis, comprometidas com a coletividade e a vida”, frisou. 

Fotos: Márcio Garcez 


Major José Luiz Ferreira, superintendente