Reforma, reabertura de unidade de saúde, regularização de consultas, exames e de distribuição de medicamentos foram algumas das ações realizadas pela gestão municipal na área de Saúde apresentadas pela secretária da pasta, Joélia Silva Santos, durante audiência pública na Câmara de Vereadores, realizada na noite desta terça-feira (31). A exposição obedece a Lei Complementar de número 141/2012, que objetiva dar transparência à gestão pública.

Joélia ressaltou que a audiência é uma prestação de contas oportuna para que a sociedade conheça melhor as ações desenvolvidas pela Prefeitura de São Cristóvão. “Já temos avanços na rede municipal de saúde de São Cristóvão e viemos mostrá-los. No exercício de janeiro a agosto de 2017, tivemos um aumento de procedimentos, tanto de consultas como de exames, e o aumento de acesso a medicamentos. Fizemos um balanço geral de todas as atividades, ações e serviços desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Saúde, desde número de equipes, até acesso da população aos serviços e melhorias na infraestrutura. Além disso, apresentamos a programação para os dois próximos quadrimestres”, explicou.

A secretária destacou a reforma das unidades de Saúde Jairo Teixeira de Jesus, localizada na Cidade Baixa, e Sinval José de Oliveira, no loteamento Lauro Rocha, como exemplos da recuperação estrutural que a gestão vem desenvolvendo. “Temos muitos avanços em relação a 2016. A estrutura da rede já começou a ser recuperada com a requalificação das unidades Jairo Teixeira e Sinval José de Oliveira. O estoque de medicamentos foi atualizado e a população voltou a ter acesso a medicamentos e materiais como fraldas descartáveis e fitas reagentes de glicemia, que estavam em falta há seis meses”, disse.

Com uma equipe composta por 18 médicos, entre concursados e profissionais do programa Mais Médicos, a atual gestão conseguiu zerar a fila para marcação de exames e consultas nas 17 unidades do município. “O acesso a exames e consultas regulares, tanto em prestadores do município como em prestadores de Aracaju, foi regularizado e ampliamos as consultas para especialistas (pediatra, ginecologista, oftalmologista e ortopedista), com o mesmo quadro de profissionais que se tinha em 2016”.

As melhorias nos serviços ofertados pela rede de Saúde foram percebidas pelo servidor público, Willian dos Santos. Morador de São Cristóvão e usuário das unidades de Saúde municipais, ele enalteceu a prestação de contas realizada pela secretária Joélia. “A saúde melhorou muito e os serviços foram ampliados. Sou usuário da rede e acho importante a participação da população em eventos como esse. Precisamos acompanhar o trabalho da Prefeitura, cobrar e reconhecer as melhorias”.

O vereador e presidente da Câmara, Vanderlan Correia, compartilha da mesma opinião. “Praticamente não vemos mais filas para marcação de exames e temos ambulâncias para atender demandas dos moradores dos povoados. Esse debate é, também, um trabalho de fiscalização dos vereadores e mostra a transparência da atual gestão”, afirmou.

Líder do prefeito na Casa, o vereador Adailton Lopes (Dito) reconheceu avanços e cobrou a ampliação do quadro de profissionais da Secretaria de Saúde. Sobre esse questionamento, a secretária Joélia admitiu o número de profissionais abaixo da demanda do município e afirmou que o tema está sendo analisado.

“Temos o total de 386 profissionais na rede, entre médicos, enfermeiros, auxiliares, agentes de endemias e de saúde, psicólogos, fisioterapeutas para uma população de 81 mil habitantes”, disse, acrescentando que a reforma da Unidade 24 Horas do Eduardo Gomes será entregue nos próximos dias.

Também acompanharam a audiência pública os vereadores: Paulo Júnior, Djalma Santana, Diego Prado, Gibson Rodrigues, Vanderlan Nego e Morgan Prado.

Fotos: Danielle Pereira.


Vanderlan Correia
Adailton Lopes (Dito)
Willian dos Santos