A Fundação de Cultura e Turismo João Bebe-Água (Fundact), através da Coordenação de Promoção e Igualdade Racial, apoiará a primeira edição do “Awo Asé: preservar o Asé é cultivar a natureza”, que acontecerá nesta sexta-feira (10), nas imediações da ponte do Rio Pitanga, na rodovia João Bebe-Água, a partir das 9h. A iniciativa da ONG Omoláiyê tem o propósito de promover a discussão da relação entre o Povo de Axé e a natureza, levando temas importantes para todos os setores da sociedade.

“Queremos levantar a temática sobre a responsabilidade e o compromisso do Povo de Axé com a preservação da natureza, do ponto de vista da resignificação de suas práticas. Outro assunto discutido por nós diz respeito ao reflorestamento da natureza, no plantio daquilo que extraímos dela”, explicou a sócia fundadora e coordenadora do OLOPE GRIOTS, Martha Sales.

Martha ainda ressaltou que a educação ambiental sempre foi praticada pelos povos tradicionais religiosos de Matrizes Africanas. Neste tocante, o projeto Awo Asé está embasado na perspectiva de tornar cada terreiro um polo de resistência aos descuidos com o meio ambiente.

“Foi com esta preocupação que o Conselho Griot feminino, constituído dentro do projeto OLOPE GRIOTS, propôs, em um de seus encontros, uma ação que provocasse um diálogo sobre a questão ambiental, conciliando a necessidade de revisão de determinadas práticas rituais que possam reduzir danos à natureza, bem como a necessidade de reposição a partir do plantio de ervas e árvores sagradas necessárias à preservação do Axé e da continuidade desse universo religioso”, enfatizou Martha.

Segundo a coordenadora de Promoção da Igualdade Racial, Acácia Maria Santos Sampaio, essa relação entre a Fundact e a ONG Omoláiyê será importante do ponto de vista do fortalecimento das discussões envolvendo as religiões de Matrizes Africanas. “Estamos estreitando os laços para que possamos desmistificar os temas envolvendo as religiões de Matrizes Africanas, sempre pensando no fortalecimento dos vínculos com a nossa sociedade”, pontuou.


Acácia Maria Santos Sampaio
Martha Sales