Na quarta-feira (15), a Prefeitura de São Cristóvão finalizou o processo de retirada de um reservatório de água desativado no povoado Arame II, distante 8 km da sede do município. O equipamento estava com estrutura danificada e sem condições de recuperação,  segundo parecer técnico do Serviço Autônomo de Água e Esgotos de São Cristóvão (SAAE/SC) e da Defesa Civil municipal.

O diretor-presidente do SAAE, Carlos Melo, explicou que a medida foi tomada por uma questão de segurança, já que o reservatório estava localizado próximo a residências. “Fizemos vistorias, juntamente com a Defesa Civil, e, a partir da impossibilidade de recuperação do reservatório, decidimos retirá-lo, evitando assim riscos à comunidade. Foi uma determinação do prefeito Marcos Santana, já que o reservatório de água está desativado há mais de dez anos e não pode sem recuperado, tendo a sua parte estrutural comprometida”, argumentou Carlos Melo.  

O diretor-presidente do SAAE disse, ainda, que um novo reservatório será instalado na localidade.