O secretário especial de Agricultura e Meio Ambiente de São Cristóvão, Thiago Correia, juntamente com o técnico da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), Arlindo Martins de Oliveira, realizaram na manhã desta quarta-feira, 13, visita aos assentamentos: Carlos Lamarca II (no povoado Aldeia de Baixo) e Florestan Fernandes (povoado Rita Cacete). A ação teve por objetivo regularizar a situação dos pequenos produtores para a emissão da Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP). O documento é a identidade do pequeno produtor rural.

“O DAP é indispensável para garantir o acesso à políticas públicas, empréstimos bancários e aposentadoria do pequeno agricultor. Ela é a comprovação de enquadramento do agricultor como pequeno produtor rural.”, destacou o técnico da Emdragro, Arlindo Martins de Oliveira.

Thiago Correia destacou a importância do Programa Tempos Novos, realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho, através do curso Negócio Certo Rural, uma parceria da Prefeitura de São Cristóvão com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural  (Senar) para a identificação daqueles que não possuíam o DAP.

“A partir da realização do Curso Negócio Certo Rural, promovido pelo Programa Tempos Novos, fomos informados pela Secretaria de Assistência Social e do Trabalho, que alguns alunos foram identificados sem o DAP, documento imprescindível para pequenos produtores e um dos critérios para o recebimento dos certificados de conclusão do curso. A partir deste momento, nós solicitamos a atuação da Emdagro e, desde então, estamos realizando um contato direto com esses pequenos produtores para que possamos colaborar com a regularização dos mesmos.”, pontuou Thiago Correia.

A moradora do Assentamento Carlos Lamarca, Isabel Cristina dos Santos Gois, chamou a atenção para a importância da DAP. “É fundamental para a vida do pequeno agricultor ter essa declaração. A DAP é a identidade nossa identidade, todo o nosso desenvolvimento só é  possível através dela.”, finalizou.

Danielle Pereira.


Thiago Correia
Arlindo Martins de Oliveira