A Secretaria Municipal de Saúde está realizando uma série de consultas à população para mapear as principais demandas das comunidades. Na manhã desta terça-feira (19), equipes da secretaria estiveram nos povoados Cardoso e Feijão.  Segundo a coordenadora municipal da Atenção Básica, Mariana Aragão, a proposta é construir um diagnóstico situacional do território, buscando a ampliação e a qualificação dos serviços.

“O nosso objetivo é aprimorar e implantar as redes de atenção à saúde, que permitam promover o cuidado integral às pessoas nos ciclos da vida. A intenção é construir uma saúde acolhedora e inclusiva, e o primeiro passo é ouvir a população nas suas principais reivindicações”, explicou Aragão.

O objetivo com a consulta popular é também fortalecer as instâncias de controle social e o canal de interação com o usuário, garantindo transparência e participação cidadã na gestão municipal da saúde.

O gerente José Inaldo dos Santos, do posto de saúde Manoel Jovino dos Santos, no povoado Cardoso, avaliou como positiva a iniciativa. “É muito importante que a comunidade seja ouvida nas suas demandas, que faça efetivamente parte desse processo de mudança. Creio que assim poderemos construir um novo momento que trará melhorias aos serviços”, avaliou.

A dona de casa Suiane Ferreira também aprovou a proposta. “Considero muito boa a ideia, porque é possível ser ouvida, falar sobre as nossas necessidades, as dificuldades que enfrentamos no dia a dia.  Mostra que há uma preocupação com a população, um respeito pelo povo. “

A consulta popular prossegue na manhã desta quarta-feira (19), no loteamento Santo Inácio e povoado Várzea Grande.

Fotos: Danielle Pereira   


Mariana Aragão, coordenadora da Atenção Básica
Inaldo dos Santos, gerente
Suiane Ferreira, dona de casa