A Prefeitura de São Cristóvão e a Universidade Federal de Sergipe (UFS), através dos seus representantes, realizaram na manhã desta quarta-feira (20), visita ao assentamento Florestan Fernandes. O objetivo foi identificar as demandas da comunidade e a partir destas elaborar um projeto de capacitação e assistência técnica que melhore a qualidade de vida da população, fomento a economia local, através do aperfeiçoamento das técnicas de plantio.

“O objetivo dessa em parceria com a Universidade Federal de Sergipe é detectarmos possíveis problemas que os produtores rurais estejam enfrentando com o plantio de seus produtos. A intenção da gestão municipal é incentivar cada vez mais a produção local e atrair mais assentados, garantindo produtos de qualidade para serem comercializados”, destacou o secretário especial de Agricultura e Meio Ambiente Thiago Correa.  

Para o professor do Departamento de Engenharia Agronômica da UFS e coordenador do Campus Rural, Airton José da Silva, a visita ajudará na elaboração do projeto. “A partir das visitas iremos detectar quais as necessidades do produtor. Precisamos conhecer quais a necessidades, as dificuldades, quais as técnicas de plantio e como o produto está sendo escoado”, informou.

Segundo a agricultora, Gilenilma dos Santos, a visita agregará conhecimento e técnica à produção dos assentados. “Todo conhecimento é bem vindo e vai ajudar na produção. Através da capacitação vamos somar técnicas e garantir um melhor produto para o nosso consumidor”, avaliou.

De acordo com a presidente do sindicato de Agricultores e Agricultoras Rurais Maria do Carmo, o projeto de capacitação vai garantir a qualidade do produto. “Precisamos detectar os problemas para garantir a qualidade do produto e, consequentemente, a sua venda. Nós temos um grande potencial, com a ajuda técnica podemos expandir a produção”, pontuou.


Gilenilma dos Santos