O Centro Histórico de São Cristóvão recebeu a visita do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, neste domingo (7). Em Sergipe para participar da Festa de Reis dos municípios de Laranjeiras e Japaratuba, Sérgio esteve na quarta cidade mais antiga do País e conheceu os acervos do Museu Histórico de Sergipe, Museu de Arte Sacra, a Praça São Francisco e a da Matriz. A visita foi acompanhada pelo prefeito Marcos Santana, secretários municipais e vereadores.

Na ocasião, o ministro recebeu um documento relatando as principais festas populares e religiosas do município, bem como a história de seu patrimônio arquitetônico. O prefeito Marcos Santana destacou a influência ibérica na arquitetura local, o que tornou a praça São Francisco representativa dos modelos combinados de urbanismo português e espanhol, reconhecida como Patrimônio da Humanidade em 2010 pela Unesco.

Segundo o Ministério da Cultura, já estão contratadas as obras de restauração do Convento de São Francisco, do Museu de Arte Sacra e da Igreja Nossa Senhora do Rosário. Os três projetos representam um investimento de cerca de R$ 3,8 milhões. Sérgio Sá informou que o Ministério desenvolve um projeto de revitalização de cidades históricas em todo o País e que São Cristóvão faz parte dele. De acordo com o ministro, o governo federal pretende trabalhar os ativos culturais como ativos econômicos, envolvendo turismo, cultura e geração de renda. 
 
A restauração da Estação Ferroviária está em processo de licitação, e outros quatro projetos estão em andamento - restauração do Sobrado do Balcão Corrido, da Prefeitura e da Casa da Câmara, além da normatização das intervenções no Centro Histórico.

“Não poderia vir a Sergipe e não visitar São Cristóvão. É uma cidade que tem uma área que é patrimônio da humanidade, um patrimônio cultural riquíssimo e de potencial imenso. Precisamos avançar muito nesse conceito de cultura, valorização e geração de emprego, avançar nessa relação entre cultura, turismo e desenvolvimento econômico social. Estamos trabalhando esse conceito no ministério, porque o patrimônio material e imaterial, os ativos culturais, eles são também ativos econômicos, os quais podem aproveitar muito mais no sentido de gerar desenvolvimento nas cidades onde a cultura se manifesta de forma tão intensa, como em São Cristóvão. Estou feliz em estar aqui e em me colocar à disposição do prefeito para que possamos realizar ações em conjunto”.

Sobre as ações do Ministério para revitalização de cidades históricas, Sérgio Sá informou que a Pasta tem três obras já contratadas.  Entre os investimentos em andamento estão a restauração da Estação Ferroviária, em licitação, e a restauração do Sobrado do Balcão Corrido, da Prefeitura e da Casa da Câmara, além da normatização das intervenções no Centro Histórico.

“Nós temos hoje cerca de 60 obras no País inteiro sendo realizadas, um investimento grande que faz parte do programa Avançar do governo federal. Aqui em São Cristóvão, temos cerca de três obras em andamento, mais três obras já contratadas e temos mais algumas em fase contratação. Enfim, estamos fazendo uma intervenção relacionada a preservação, restauração e revitalização de obras no País inteiro, em todas as regiões. Queremos potencializar a cultura local e servir também como forma de atração de turistas e geração de emprego”. A

Para o prefeito Marcos Santana, a visita do ministro corrobora o potencial de turismo histórico do município. “Estamos muito alegres em recebê-lo aqui e a gente colocar para ele a energia da nossa cidade, uma cidade com um patrimônio cultural arquitetônico que depende muito do Ministério da Cultura, do Iphan, por isso a importância dessa visita, a gente fica satisfeito com a visita do ministro e espera novos projetos para que a gente mude a cara dessa cidade. Já estão confirmadas as recuperações do prédio da prefeitura municipal, do prédio do Balcão Corrido, do convento São Francisco e da estação ferroviária”, informou o prefeito.

O historiador e diretor de Turismo da Fundação de Cultura,Thiago Fragata destacou a importância da visita e a participação de três sancristovenses no "Edital Culturas Populares 2017".  “Sem dúvidas é um fato memorável e importante a gente ter alguém que representa o Governo Federal na nossa cidade. Isso mostra que São Cristóvão não pode passar despercebido. O ministro percebeu a importância da cultura popular, então um dos editais do Minc de 2017, o de "Culturas Populares", premiou três mestres do folclore da nossa cidade, esse detalhe e outras questões vinculadas ao nosso patrimônio mostra o potencial que a cidade tem e toda a atenção que ela merece ter do governo federal”, frisou.

Acompanharam a visita o presidente da Fundação Municipal de Turismo e Cultura João Bebe-Água, Gaspeu Fontes; a secretária municipal de Governo e Relações Comunitárias, Paola Santana; a secretária de Assistência Social, Fernanda Santana; os vereadores Paulo Júnior, Diego Prado e Adailton Lopes e o vereador de Aracaju, Zezinho do Bugio. 
 
Fotos: Danielle Pereira.