O Centro Histórico de São Cristóvão recebeu a primeira edição deste ano da "São Criativos – Feira de Artesanato”, no sábado (3), na Praça da Matriz. Ao todo foram 60 expositores, mostrando a rica produção do artesanato e da culinária sancristovenses. 

A ação é uma parceira entre a Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho e a Fundação Municipal de Cultura e Turismo João Bebe-Água. Tem como objetivo promover a cultura local de forma criativa, contribuindo para exposição dos trabalhos de artesãos, poetas, músicos, produtores e artistas audiovisuais do município.

Iniciada em 2017, a "São Criativos” se consolidou como um espaço de socialização da cultural local, e também abriu um novo olhar às possibilidades de geração de renda para os artesãos e empreendedores do município. As edições sempre acontecem tanto na sede quanto no Grande Rosa Elze. 

Presente ao evento, o prefeito Marcos Santana destacou a importância da feira para manter as tradições culturais de São Cristóvão, além de ser uma oportunidade para comercialização da produção local. “Estamos trabalhando para que a ‘São Criativos’ seja uma espaço que se consolide cada vez mais na criação de trabalho e renda, de ambiência para os moradores, de valorização da nossa cultura e de uma opção para o turista que nos visita. A proposta é viabilizar uma possibilidade real de geração de renda para as pessoas que produzem a diversidade cultural e artística do nosso município”, frisou o prefeito. 

Iniciando ao final da tarde e indo noite adentro, a feira encantou os visitantes. “É uma proposta muito boa mostrar a riqueza cultural de São Cristóvão, valorizar o que é feito no nosso município e os artistas que produzem toda esta beleza”, destacou o profissional autônomo Fabiano Machado. 

A perspectiva de expor a sua arte e ter um ganho financeiro adicional animou os expositores. “Participei das edições que ocorreram no ano passado e foi muito bom. Espero muitas feiras este ano. É uma iniciativa realmente feita para nós, artesãos, que vivemos da nossa produção e queremos ter oportunidades para comercializar o que produzimos”, argumentou a artesã Maurina Santos. 

Fotos: Márcio Garcez 


Prefeito Marcos Santana
Fabiano Machado, profissional autônomo
Maurina Santos, artesã