Nesta sexta-feira (09), o prefeito Marcos Santana visitou a unidade fabril da Intergriffes e tratou da atividade industrial do município. Na ocasião, o gestor informou que a prefeitura, em parceria com a Universidade Federal de Sergipe, irá disponibilizar uma escola de costura para capacitar adultos e jovens.


“Viemos visitar a unidade fabril da Intergriffes e saímos satisfeitos com a informação de que a produção está em plena atividade com mais de 370 empregos. A maior luta da minha vida como prefeito é trazer uma empresa para cá, porque poderemos gerar renda, emprego, movimentar a economia. Quando geramos emprego, a cidade melhora”, disse referindo-se à possibilidade do grupo Duchas Corona transferir sua unidade de produção para São Cristóvão.

A escola de costura é mais uma ação da Prefeitura para capacitação dos sancristovenses. A gestão também oferta o programa Tempos Novos, que reúne as melhores instituições qualificadoras do país, conhecidas como “Sistema S” (Senac, Senai, Sebrae, Senar, Sest/Senat) no processo de formação dos alunos. O Tempos Novos oferece os cursos de Pizzaiolo, Eletricista Instalador Predial Básico, Auxiliar de Confeiteiro, Auxiliar de Padeiro, Mecânico em Manutenção de Motocicleta, Informática Básica e Cortador e Costurador de Confecção em Peças Íntimas, Vendedor de Artigos para Turistas e Informações Turísticas. A expectativa é formar, anualmente, dois mil cidadãos, tendo, até 2020, um total de 8 mil cidadãos qualificados. 

“A gestão tem essa preocupação de capacitar nossos jovens e adultos. Firmamos parceria com a UFS para uma escola de costura, já temos as máquinas, tudo está sendo feito pela Secretaria de Assistência Social e do Trabalho e a Universidade para que iniciemos as atividades ainda este ano”, disse Marcos Santana.
 
Com 376 funcionários, a Intergiffes produz peças de confecção masculina para o Sudeste. Por dia, a produção é de 2 mil peças. A gerente da unidade, Francisca Pereira Sales, elogiou a iniciativa do prefeito de aproximar-se dos empresários que investem no município.

 “Nossa reunião foi produtiva, ficamos sabendo da escola de costura, uma iniciativa importante para a gente. É fundamental essa aproximação entre poder executivo e empresários para o crescimento da cidade”, declarou.


Fotos: Márcio Garcez. 
 
 


Francisca Sales